thailyrics.top

เนื้อเพลง mailson absinto – fraturando

โปรดรอ...

passa no espelho esse pano
pra o seu desespero eu to faturando
fraturando o seu crânio
me chame de thanos
fique rico ou morra tentando
sendo tentado sem ta no deserto
correndo sempre pelo certo
pra salvar os meus do cemitério
me escutar em stéreo
sua aprovação eu não espero
tô escrevendo esse verso
pra fugir do meu inferno

para de iludir esses muleke
rap não só é cash
vê se cresce!
sem tempo pra falar em ice
acorda pra realidade, tem as dificuldades
invisibilidade
cês tão preocupados com as minhas
vendagens?
eu tenho medo de uma abordagem
sociedade que me quer às margens
um salve sabotagem
a vida não é miragem, não viaje!
pra ta aqui tem que ter coragem
da minha caminhada cês não sabem
no meu ouvido a morte sussurrava:
se mata!
eu reagir pra não sumir do mapa
nunca me deram nada
nojo da sua cara
veja bem, não vem com essa história
que vocês torcem por mim
se pudessem me fariam sumir daqui
mas não é bem assim
eu lutei pra ta aqui, persistir, resistir
puxando um finin, enquanto assisto
o seu fim

(refrão)

tamo nesse game tamo pra zerar
se consolidar faz parte, eu vim pra ficar
tamo nesse game tamo pra zerar
se consolidar faz parte eu vim pra ficar

enchendo a carteira nojo da revista veja
não se meta o perderá vossas cabeças
honrando cada morta onde quer que elas esteja
me peita ou respeita, eu não faço desfeita
tô com muita pressa nessa merda
23 minutos seja só oque me resta
modéstia, nessa espera dessa esfera eu viro uma fera
quem dera eu ficar rico antes da primavera
quero da uma casa maior para minha velha

comandando o bonde, derrubando o bando
carregando o banzo, tempo se acabando
representando,sem passar o pano
quanto vale o seu trampo ?
escapando do infame
sem fazer enxame
aprende com o tempo
revendo cada sentimento
aproveita cada momento
aumenta meu faturamento
eu não me vendo
subvertendo pensamentos
isso aqui não é passatempo
vai passando o assento
escurecendo o movimento

sendo referência, tipo ricon sapiência
cheio de experiência
vivendo na nessa cena
sem permuta
na labuta pela pele escura
herdei os traços
honrando meus antepassados
ouvi da sua boca que o racismo ficou no passado
cláudia arrastada no asfalto
não esqueci do baculejo lá no beco
mão na cabeça maloqueiro

(refrão)
tamo nesse game tamo pra zerar
se consolidar faz parte, eu vim pra ficar
tamo nesse game tamo pra zerar
se consolidar faz parte eu vim pra ficar

- เนื้อเพลง mailson absinto

เนื้อเพลงแบบสุ่ม